sábado, 27 de junho de 2009

Compota de figos verdes.






Ja tinha comentado por alto sobre isto.
Mas agora que começa de novo a época de se "colocar a mao na massa", penso que é pertinente comentar a parte pratica da coisa.
Fazer compota de frutas ou qq outra coisa do estilo, é um habito muito antigo e que ainda persiste em alguns lugares seja por "turismo" que por necessidade. Ou sò para se evitar o desperdicio, o que é o meu caso.
Me da uma dor no coraçao ver as arvores carregadas de frutas que ninguém pega e que terminam caindo e fermentando no chao.
Sei que a Natureza prescinde de mim para aproveitar as coisas: nao tenho duvida disso.rss
No minimo, se tornariam adubo, terra no fim.
Mas como aqui acontece de nao existir a quantidade de passaros e animais que comem frutas como em outras partes do mundo, digamos que eu me veria assim como que encarregada deste papel, preenchendo um nicho.
Em algo assim sem grandes pretensoes...
Hihihi!
Eu penso que estas "arvores de ninguém" que estao ali na beira da estrada, tb ficariam contentes em ver que tem que as aprecie...!
E isto ja seria toda uma outra estòria que nem vem ao caso. rss
Enfim...
Cerejas e amoras, selvagens ou nao, figos, maças, peras e caquis, todos eles, podem se sentir uteis pq eu sempre farei a "paladina contra o desperdicio", de qq natureza.
Obvio que eu nunca tinha feito coisas assim qdo morava em uma metropole. E pelo simples fato que nao sentia a necessidade de faze-lo, por estar em todo um outro contexto.
Alias, diga-se, eu nem me imaginava capaz.
Pq o fato é que a gente nao se conhece, realmente bem, até que se confronte com alguma coisa que estimule em nòs um tipo de comportamento atavico, hereditario ou inesperado, sei la...enquanto ele nao se apresente.
E devo salientar que as pessoas aqui, incluso chefes de cozinha, adoram as compotas e geléias de figo verde, qdo as experimentam. Pq sò costumam usar aqueles frutos maduros, para se fazer isso.
Nossa...!
Olha que fazer a compota é bem mais facil que toda esta minha cantilena.
Mas um dia eu penso que conseguirei, finalmente, ir dura e seca direto à receita: esperemos...!
Entao, enquanto isto nao acontece, vamos ao "sodo", ok?


COMPOTA DE FIGOS VERDES
(receita para cerca 80 unidades)

Lavam-se todos eles, cortando-se fora os cabinhos rente à fruta.
Levar para ferver uns 3 litros de agua com uma colher de sopa, bem cheia, de bicarbonato de sodio.
Ferver os figos ali por sò uns 5 minutinhos.
No meu caso, que uso variedades de casca lisa, esta parte termina aqui.
No caso de variedades que possuem penugem, aconselha-se escorre-los e coloca-los, ainda quentes, dentro de um saco plastico. Dai, friccionar para fazer esta pele se destacar deles e lavar de novo.
A calda, por sua vez, pode ser feita com tipo uns 6 copos de agua mais 4 deles cheios de açucar, até se obter um xaropinho ralo.
Se aromatizando com cravo, canela, folha de figo ou aquilo que for do gosto.
Qdo a calda estiver no ponto certo, entao se colocam os figos. E deixando que fervam nela por outros 10 minutinhos.
Pode-se espera arrefecer um pouco a temperatura para depois colocar em vidros apropriados ou que tenham um bom fechamento, mas com tampa de metal.
Primeiro se colocam os figos e depois a calda, que deve chegar até a boca do vidro, fechando-o super bem com a sua tampa.
E nao se esquecer de identificar e por a data, ok?


Bem, daqui em diante devemos prosseguir com a segunda fase, tanto qto importante, que é proceder com a esterilizaçao do composto.
Pq sabemos todos que uma compota, ou mm geléia, se conservam devido a estes fatores, que sao: a alta concentraçao de açucar e a ausencia de contato com o ar externo, com a consequente ausencia de microorganismos nocivos.
Mas eu prefiro garantir este processo e dai, uso "autoclavar" os vidros de conservas.
Cada um tem um jeito para fazer isto, seguindo um seu "modus operandi", nao tenho duvida.
E um modo simplissimo seria o de verter o conteudo quentissimo em vidros previamente esterilizados, selando bem em seguida.
Como sei, tb, que outros usam deixar fervendo a conserva em panelas comuns, por um toti de tempo.
Mas eu uso a panela de pressao, que nada mais é que uma perfeita autoclave doméstica.
E assim esterilizo tudo quanto, nao sò ao mm tempo mas qdo tiver tempo para faze-lo.
Entao, eu faço assim: coloco uns tres vidros dentro da panela de pressao e mais uns 4 dedos de agua, tipo até 1/3 da altura deles+-.
Tomando o cuidado que a temperatura da agua esteja bem proxima àquela em que se encontra o vidro, para evitar choque térmico.
Em resumo: frio/fria, morno/morna...
Tampo e levo em fogo baixissimo, ao inicio, para depois passar para médio e seguir normal.
Deixo uns 25 minutos apos começar a pressao e desligo.
Apos amornar eu abro e retiro os vidros.
Que, por mais uma precauçao, deixo emborcados com a tampa para baixo até o dia de serem consumidos.
Pq em caso de haver a possibilidade que entrasse ar externo, o proprio conteudo estaria ali vedando a sua entrada.
Enfim...
Para se comprar ou colher figos verdes seria algo muito subjetivo dizer como fazer, pq precisa-se seguir a propria intuiçao...
No meu caso, eu colho aqueles que ainda estao "médios" e muito verdes, cujos talos nao estao mais tanto resistentes, como dias antes, rss.
Caso nao se sintam seguros da coisa toda, corram ao supermercado e comprem uma lata deles ja prontos.
Pois eu, por aqui, nem tenho esta possibilidade...!










8 comentários:

Fábio Adiron disse...

Me deixou com saudades da minha avó Maricota. Dos doces que ela fazia era o meu preferido....

clau disse...

Pois é Fabio: faço minhas as suas palavras.
Pq parece que somos fadados a sofrer uma saudade danada dos nossos avòs... E nao sà pelas gostosuras que, parece, sò eles conseguiam fazer, como tb por todo o resto...
Espero sò que, um dia, tb nòs sejamos lembrados com este carinho todo por alguém que sinta saudades da gente!rss
Bjs!

Anna disse...

Quando vou para fazendas semmpre tem como sobremesa figos verdes, e muito bom.
Saudades de epocas antigas.
Beijos

clau disse...

Verdade.
Uma coisa de outra época mm...
E certamente, nao de cidade gde, onde para achar figo verde, sò tendo uma figueira no quintal!
Boa semana Anna!
Bjs!

Nela disse...

Olá Clau, sabe já fiz compostas de muitos frutos, menos de figo e me parece óptimo mesmo, tem razão amiga com tanta fome k há no mundo e se deixa estragar tanta comida! bem podiam apanhar e oferecer a instituições e cresces, a idosos e crianças a quem precisa mesmo amiga, gostei de ver a Clau doceira rsrs beijinhosss.

clau disse...

Nela, eu penso que a compota de figo verde é a melhor de todas: experimente!!
Afinal, ninguém consegue comer todos os figos maduros de uma fugueira, por que até enjoa...
Bjs!

Ribeiro disse...

vou seguir sua receita a risca. É a primeira verz que vou fazer. Se pedir ajuda para minha mãe e avo ai n aprendo mesmo. obrigado , tudo de bom

clau disse...

Oi Ribeiro!
Boa sorte ai na sua empreitada, ok?
Penso que com duas "acessoras" assim, vc nao teria dificuldades,ou muito pelo contario, como diz vc mm!
Hihihi!
Obrigada pelo seu comentario e tudo de bom ai para vc tb.
Bjs!