terça-feira, 1 de julho de 2008

...mm com calor a gente tem que comer alguma coisa!

Bem...um pouco por sugestao, um pouco por ocasiao...
Domingo eu assistia um programa, muuuito divertido, no canal gourmet do Gambero Rosso, na Sky.
E este, "Pasta, love e fantasia", è protagonizado pela atriz napolitana Marisa Laurito. Que matrona e rechonchudinha, em seus aventais de vedete, nos ensina a fazer algumas iguarias entre piadas e confusoes, com seus acompanhantes de programa.
Por ser domingo e tradicionalmente nao ter NADA de assim tanto bom para ver, que nao documentarios repetidos...vamos la!
E pq rir sempre foi um bom remédio.
E ela estava fazendo este tal de polpéttone napolitano que me entrava por um ouvido e saia por outro, que eu queria era sò sorrir enquanto, eu mm, comia a minha sobremesa...
Pausa.
Num segundo passo, eu estava ja pensando que DEVERIA usar uma sopa creme de cebolas que eu tinha trazido de SP ha tempos. E indo ao super mercado, ontem, comprei carne moida e um kilo de vagem, exatamente como aquela que ela tinha usado para rechear sua opera.
Fazendo 1+1+1, adaptei o tal do negòcio!
Nao segui todos os seus passos e nem todos os ingredientes, mas va la: é igual vai...!

Polpéttone recheado com vagem.
-cerca 500g de carne moida
-1 paozinho amanhecido, molhado, amolecido e espremido.
-1 ovo inteiro
-1 pacote de sopa creme de cebola
-gotinhas de limao, à gosto
-3 ovos cozidos
-umas 200g de vagens, daquela redondinha, refogadas
-queijo tipo parmigiano
-farinha de rosca para empanar
Amaçocar bem os 5 primeiros ingredientes, até ficar um composto homogeneo.
Fazer os 3 ovos, cozidos.
Limpar e refogar as vagens, com temperos à gosto.
Reservar as 3 coisas.
Estender cerca 50cm de pelicula plastica em um plano de trabalho.
Distribuir o composto de carne de modo a formar um retangulo de, no maximo, uns 40cm de comprimento, pela largura do plastico, mas um pouquinho longe de sua borda.
Colocar sobre isto, distribuindo bem, as vagens e os ovos cortados ou nao, fica ao gosto de quem for comer, que eu cortei em 4 "gomos" os meus.
Salpicar um pouco de parmigiano por cima e a Marisa Laurito, daquilo que eu me lembro, colocou tb bacon em fatias e azeitonas e nem me lembro mais o que...
Ajudando com o plastico, fechar e dar a forma de um "charuto" à coisa.
E, sempre com a ajuda do plastico, aspergir a farinha de rosca de modo a deixar-lo ligeiramente empanado nela.
Dai, é levar em forno pré aquecido a 200°C, cerca de 40 minutos +-.
Fica um belo e grande polpéttone que daria para um bocado de gente, mais ainda se tiverem outras coisas acompanhando, que eu sò servi com uma saladinha verde...
E dai alguém perguntaria: e precisava receita para isto?
E eu reponderia: é obvio que nao!
Mas com receita é mais facil para um que fica divagando sem conseguir finalizar, ou pior ainda, iniciar que seja, um simples almoço.
Tipo eu, por exemplo...!

4 comentários:

Geórgia disse...

Costumo fazer aqui em casa com recheio de ricota com espinafre e foi batizado de rocambole de carne. Como adoro vagens, imagino que o seu ficou uma delícia. Bjs.

Nela disse...

Olá Clau, como vai?está aí também muito calor não é verdade?Olhe seu rolinho de carne está lindo, muito bem feito e bem enroladinho,eu fiz um há já um tempo mas fiz com mais quantidade de carne e até costuma ficar bem feito mas desta vez, não saiu grande coisa.Acontece,o seu está lindo e com bons ingredientes também.Beijito fique bem.

Mamão com açucar disse...

Adorei seu rocambole, também conheço assim, mas com vagem nunca experimentei e fiquei muito interessada.
Parece delicioso.
bjs.
Fernanda
http://mamaocomacucar.sampasite.com

clau disse...

Oi vcs!
Receita e recheio, de algo assim, sempre depende da pessoa que faz e daquilo que ela tem às maos e na "cabeça", 'né verdade...?
Ao menos eu vejo que a Georgia e a Nela, muito provavelmente, fariam "miséria" com um polpettone destes!
E a Fernanda, eu espero que me conte depois, ok?!
Voltem sempre.
Bjs!